About UsEarly Childhood DevelopmentEducation & Special NeedsHealth CareGiving & EventsPublications & Resources

Principiantes da Língua Inglesa (ELL) Portadores de Deficiência
Por Janet Vohs, Diretora de Publicações
Centro de Informação & Recursos para os Pais

Educação de Alta Qualidade para Todos
Todos os estudantes nos Estados Unidos têm o direito a uma educação de alta qualidade. As leis federais e estaduais reconhecem a importância de se educar as crianças com necessidades especiais em salas de aula juntamente com seus colegas. Esta prática é geralmente denominada de “inclusão”. A Lei de Educação para Indivíduos Portadores de Deficiência (IDEA), cita mais de 30 anos de pesquisa que mostra que os estudantes com deficiência que participam em salas de aula de educação regular —com apoios educacionais especiais apropriados, apoios relacionados com a língua e as acomodações—melhoram dramaticamente o seu desempenho. Portanto, a inclusão tornou-se parte importante do significado de se ter uma educação de “alta qualidade”.

Durante a atualização da IDEA em 2004, o Congresso verificou que a educação dos estudantes com deficiência tem sido impedida por causa das “baixas expectativas”. Estas baixas expectativas ocorreram pelo fato de que os estudantes com deficiência eram colocados em salas de aula separadas, onde não tinham a oportunidade de aprender o mesmo conteúdo acadêmico que todos os outros estudantes estavam aprendendo. Hoje em dia, os estudantes ELL portadores de deficiência têm que enfrentar frequentemente as baixas expectativas, a segregação e as oportunidades insuficientes para aprender o conteúdo acadêmico.

O Que é a Inclusão?
A inclusão não significa somente ser educado em classes de educação regular. Também refere-se a ter um sentido de se pertencer a uma comunidade escolar como um membro de igual valor. Os estudantes que são considerados “incluídos”:

  • Participam em classes de educação regular para idades-apropriadas, com acesso a ambientes físicos e rotinas da escola.

  • Têm oportunidades para as interações sociais e os relacionamentos com seus colegas.

  • Participam de maneira significativa no currículo educacional regular, em grande parte possível, por causa dos apoios e serviços dos quais necessitam para que progridam.

  • São considerados através dos mesmos altos padrões acadêmicos que o estado de Massachusetts espera de todas as crianças.
As escolas com históricos escolares que demonstram sucesso na educação para os estudantes ELL portadores de deficiência, que oferecem um ambiente onde se sentem parte e o apoio acadêmico com o qual todos os estudantes podem aprender.

Desafios que os Estudantes ELL Enfrentam
As famílias dos estudantes ELL com deficiência poderão enfrentar desafios extraordinários em seus esforços para poderem assegurar que seus filhos recebam uma alta qualidade, inclusive de educação. Eles poderão não estar familiarizados com as escolas dos Estados Unidos ou com a proficiência em inglês. Uma questão particularmente difícil é a da identificação incorreta dos estudantes.

De acordo com Joseph Dow no Escritório de Aquisição da Língua e do Desempenho Acadêmico do Departamento de Educação Elementar e Secundária de Massachusetts, a identificação incorreta dos estudantes ELL em Massachusetts, resulta tanto na identificação-fraca como na idententificação-exagerada dos estudantes ELL como sendo deficientes. Por exemplo, um estudante que necessita de educação especial poderá não recebê-la porque aquele distrito escolar poderá não ter os especialistas específicos que são necessários, tais como um psicólogo, na língua materna da criança. Os estudantes em um outro distrito poderão necessitar ajuda para aprender inglês mas se o distrito não possuir os recursos para ajudá-lo, aquele estudante poderá ser encaminhado para receber uma educação especial. Os estudantes ELL com um pobre desempenho acadêmico poderão ser identificados incorretamente, como necessitando de educação especial pelo motivo de que suas diferenças de língua e de cultura foram interpretadas como sendo uma deficiência.

Tão logo um estudante seja identificado como sendo um ELL portador de uma deficiência, a questão mais importante e frequente será o acesso ao conteúdo acadêmico do nível da série. Um equilíbrio deverá ser alcançado entre o aprendizado de inglês e o aprendizado das matérias acadêmicas. Geralmente este equilíbrio será alcançado de uma melhor forma em uma sala de aula regular.

Os Pais são Cruciais
Por causa da diversidade entre os estudantes com deficiência que são principiantes da língua inglesa, os pais têm um papel vital ao fornecer informação importante sobre os problemas de língua e de cultura de seus filhos. Os pais necessitarão tomar passos corajosos para solicitar o apoio da língua que necessitam, mantendo contato com os professores e participando nos encontros da equipe do IEP. As escolas deverão fornecer os tradutores que forem necessários para apoiar as necessidades de comunicação das famílias.

O PIRC de Mass. tem duas publicações, Principiantes de Inglês e Avaliações Estaduais e Direitos dos Principiantes da Língua Inglesa, English Learners and State Assessments and Rights of English Language Learners, disponíveis em inglês, espanhol e português. Para cópias, recursos adicionais ou para compreender mais sobre os direitos dos estudantes ELL, entre em contato com o PIRC de Mass. no 1-877-471-0980.