FCSN // Newsletter // 2020 // Winter 2020 // O que os pais podem fazer se seu filho sofrer bullying na escola (Português)
a

O que os pais podem fazer se seu filho sofrer bullying na escola (Português)

Este é o segundo artigo em uma série de três artigos
Nota do editor: Neste segmento da nossa série de três artigos sobre a prevenção do bullying, analisamos como os pais podem reconhecer sinais de bullying e colaborar com os seus filhos e as escolas para lidar com a situação. O primeiro artigo, “Entender o bullying é o primeiro passo para preveni-lo”, está disponível em fcsn.org. O terceiro artigo, focado no que as escolas podem fazer para prevenir o bullying, será publicado na nossa próxima edição.

Agora você está ciente de que seu filho pode estar sendo vítima de bullying na escola. Nem todo o comportamento mau ou ofensivo é realmente bullying. O bullying depende de um desequilíbrio de poder para maltratar alguém de forma repetitiva e deliberada. Que medidas você pode tomar se achar que seu filho é vítima de bullying na escola?

A família inteira precisa apoiar a criança e ser aberta sobre o que está acontecendo. A criança precisa saber que você está prestando atenção. Pergunte ao seu filho o que você pode fazer para ajudar. Não culpe ninguém e incentive seu filho a manter uma boa comunicação com você. Mas tente descobrir os detalhes sobre o que os agressores estão fazendo, tal como datas, horários, lugares, ações e documente tudo.

É difícil ouvir que o seu filho se sente ameaçado na escola. O seu impulso é de querer parar o que está acontecendo imediatamente. Mas seu filho precisa aprender a lidar com o bullying, como reagir (ou não) e como obter ajuda ou conversar com alguém sobre isso. Você pode querer resgatar seu filho, mas ele precisa desenvolver habilidades sociais e emocionais para lidar com isso sozinho.

Parar o bullying é responsabilidade da escola. Obtenha uma cópia da política anti-bullying da escola para determinar se o agressor violou uma política da escola. Conheça seus direitos. Converse com o diretor da escola e pergunte o que vocês podem fazer juntos para parar o bullying. Mantenha-se fiel aos fatos sem adotar uma posição excessivamente emocional. Monitore as ações que a escola toma. Se o bullying não parar, apresente uma queixa formal.

Ache um protetor para o seu filho na escola, como um professor ou um orientador. Diga ao seu filho que você está trabalhando com a escola para prevenir o bullying. Peça ao seu filho para procurar esse funcionário da escola quando precisar de assistência. Tomar medidas por conta própria dará à criança algum controle sobre a situação e a ajudará a se sentir menos impotente.

Há coisas que uma criança pode fazer para lidar com a situação na escola. Pratique situações hipotéticas em casa para o seu filho aprender como ignorar um agressor. Fale sobre maneiras seguras de agir em situações que possam ser perigosas. Para alunos mais velhos, você pode precisar aprender como parar o cyberbullying com discrição. Ajude seu filho a identificar um amigo em sua classe ou a criar uma rede de apoio de colegas confiáveis. O seu filho não pode evitar que as pessoas digam coisas más, mas ele pode aprender a controlar a forma em que reage.

Ajude seu filho a identificar algo que ele sabe fazer bem. Pode ser uma atividade fora da escola, como escotismo ou natação. Escolher uma atividade que ele faça bem o ajudará a aumentar a autoestima. Uma experiência positiva ajudará seu filho a se sentir bem consigo mesmo, desenvolvendo resiliência e confiança. Isso o ajudará a neutralizar a forma negativa como os agressores o fazem se sentir.

As famílias devem pedir apoio. Converse com o seu cônjuge, família ou amigos que o apoiem. É importante você resolver os seus próprios sentimentos para estar disponível para apoiar seu filho.

Pelo menos isto pode ajudá-lo a sentir que não está sozinho e que não há nada de errado com o seu filho.

O bullying não é algo que seu filho vai superar imediatamente. Pode ser um longo processo. Ajudar o seu filho a criar uma boa autoestima e encontrar pessoas que o ajudem a ter algum controle sobre a situação permitirão que ele supere a situação.

Recursos:
https://www.pacer.org/bullying/resources/parents/helping-your-child.asp
https://www.greatschools.org/gk/articles/what-parents-can-do-about-childhood-bullying/
https://www.apa.org/helpcenter/bullying